Pensamos que estão reunidas as condições fundamentais necessárias para se desencadear um movimento de constituição de uma rede de investigadores nacionais na área da Política Social.
Para alcançar os objectivos pretendidos, pretende-se que entre os investigadores:

(i) se procure dar a conhecer o trabalho académico realizado e os projetos de intenções de pesquisa;
(ii) se façam encontros científicos regulares para debate sobre questões atuais de investigação e realização de trabalho conjunto:
(iii) que se criem entre todos sinergias com vista à facilitação do acesso a fontes de informação para a investigação;
(iv) que se alargue a escala, ao nível nacional, da investigação e ensino pós-graduado (aos níveis de mestrado e de doutoramento), através da participação em atividades conjuntas de parceria académica; e
(v) que se projetem internacionalmente as atividades de investigação e ensino em Política Social no quadro da ESPAnet.

Como ponto de partida para a criação de uma rede de investigadores portugueses em Política Social, tomou-se a iniciativa de organizar uma grande conferência internacional sobre a realidade do Estado Social em Portugal envolvendo, na sua realização, três das unidades orgânicas da Universidade de Lisboa (recém criada pela fusão da Universidade Técnica de Lisboa e da Universidade de Lisboa): o ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão), o ISCSP (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas) e o ICS (Instituto de Ciências Sociais).
Esta conferência, com o título “Welfare State in Portugal in the Age of Austerity”, realizou-se nas instalações do ISEG, nos dias 9 e 10 de Maio 2014.
As intenções de atuação futura, que serão estruturantes da atuação desta rede, serão consubstanciadas num Plano de Atividades anual, que divulgaremos oportunamente.